Arte Música

O poder da música

Musica4
Escrito por Ysa Nuit

Recentemente fiz algumas pesquisas sobre os efeitos que as músicas têm sobre os organismos vivos e encontrei alguns dados muito interessantes (colocarei todos os links pesquisados no final, para quem quiser se aprofundar e conhecer outros resultados):

~Descobri que crianças hiperativas, com tendências a causarem problemas na escola, ao serem submetidas ao som de música clássica por determinado período do dia, ao longo de algumas semanas, apresentaram redução nos batimentos cardíacos e na temperatura corporal, passando a terem um comportamento mais pacífico no colégio;

musique

~Determinadas músicas com mensagens altruístas incentivam práticas de caridade, ao passo que músicas com mensagens de violência ou com arranjos muito desordenados (como trash music e outras que provocam desconforto auditivo, com variações de altura e intensidade de ruídos) estimulam comportamentos mais impulsivos/agressivos (nem todos são suscetíveis a esse tipo de influência, mas infelizmente é comum, principalmente com os jovens que escutam repetidamente esse estilo musical);

~Descobri que plantas gostam de músicas com ritmos suaves: em um experimento com trepadeiras, a amostra submetida ao som de grandes musicistas clássicos crescia em direção ao aparelho de rádio, chegando inclusive a se enroscar no equipamento. A segunda amostra, porém, submetida ao som de heavy metal, crescia na direção oposta, num claro sinal de aversão. Não consegui informações sobre as bandas utilizadas na pesquisa, mas entendo que uma batida pesada e desordenada realmente causa algum tipo de perturbação, uma emoção que não combina com a leveza singular do Reino Vegetal;

CelestialMusic

~Pacientes submetidos a músicas de teor positivo tendem a suportar dores agudas por mais tempo – e eu já fiz esse experimento comigo quando estive internada para fazer um tratamento médico. Era ao som de minhas músicas preferidas que eu conseguia suportar os efeitos colaterais da medicação que tomava. Quando esquecia meu aparelho de mp3, no entanto, as noites pareciam mais longas e difíceis e as dores mais incômodas que o normal;

~Vítimas de AVC conseguem ter significativas melhoras nos níveis de memória e cognição quando submetidos a músicas instrumentais, em comparação com pacientes que recebem apenas o estímulo da leitura de livros – isso faz sentido, já que a música envolve não só a voz do intérprete, mas também as notas musicais, a harmonia, entre outros elementos vibracionais, é uma composição de maior complexidade do que uma leitura;

~Cristais de água mudam de aspecto quando em contato com determinadas músicas, para melhor ou para pior, como mostra a famosa pesquisa do dr. Masaru Emoto.

1: Ária na Corda Sol [BACH] | 2: Heartbreak [Elvis Presley]

1: Sinfonia n. 4 [Mozart] | 2: Heartbreak [Elvis Presley]

1: Heavy Metal | 2: Imagine [John Lennon]

1: Música de Heavy Metal | 2: Imagine [John Lennon]

1: Canção Folk Coreana | 2: Pastorale [Beethoven]

1: Canção Folk Coreana | 2: Pastorale [Beethoven]

Essa pesquisa do dr. Masaru Emoto é bem interessante e certamente será citada aqui no site em outras oportunidades, porque ele não só verificou os efeitos de músicas sobre as moléculas de água, mas também de orações, palavras ditas repetidamente, cristais e até fotografias, então o material colhido vale outras postagens detalhadas.

Com todas essas descobertas, algumas já até bem conhecidas, pensamos no quanto é importante termos um cuidado especial com as músicas que escolhemos e com a força que elas possuem para nos impulsionar. Somos quase 80% constituídos de água! Imagine só, suas células dançam com você quando toca aquela música que te faz bem, não apenas num nível emocional, mas fisiológico!

Heartbeat

Como disse na postagem Musicoterapia, a música nos acompanha desde antes de nascermos, com as cantigas de ninar, e vamos sempre fazendo ajustes em nossas preferências sonoras, até chegarmos num determinado estilo que nos represente. Da mesma forma, podemos sempre recorrer a algumas canções específicas que tenham o poder de nos tirar de um estado de espírito e nos transportar a outro. As batidas certas são capazes de equilibrar nosso ritmo cardíaco e nossa respiração, fazendo-nos entrar numa sintonia equilibrada.

Pensando nisso, decidimos criar um arquivo com músicas que consideramos excelentes alteradoras de humor, capazes de elevar nossa frequência para uma vibração mais alta, mais positiva e otimista. Essas músicas serão catalogadas por nós, autoras do site, mas também por vocês, faremos uma coleta através dos comentários aqui (nessa postagem mesmo) e na nossa Página do Facebook.

Então, desde já, contribua com nosso acervo de músicas felizes e deixe registrada aquela pela qual você sabe que é incapaz de ser indiferente, que instantaneamente te motiva e/ou que faz você ter uma dose extra de coragem até nos dias mais cinzentos.

Começarei com minha primeira contribuição, essa música instrumental tem uma força que há anos me surpreende:

Agora conto com vocês, vamos lá?!


Links para aprender mais sobre a influência da música em nossas vidas:

  1. 10 Curiosidade sobre Música 
  2. Efeitos positivos e negativos da Música
  3. A Influência da Música no ser humano
  4. Os efeitos da Música sobre a mente e o corpo
  5. Efeitos da Música sobre plantas e animais
  6. Pesquisa de Masaru Emoto com cristais de água
  7. 10 Satisfações que a Música proporciona – Um super incentivo para quem quer aprender a tocar um instrumento musical!

Sobre a autora

Ysa Nuit

Terapeuta Holística, Reikiana, Taróloga, Palestrante, formanda em Psicoterapia Reencarnacionista, atua com as técnicas: Fitoenergética®, Radiestesia, Meditação, ThetaHealing®, Estruturação Quântica da Consciência (EQC), Cromoterapia, entre outras.

5 Comentários

  • Verdade. Quando escuto Rock e Heavy Metal, me torno combativo e impulsivo. Enquanto, música clássica me deixa ameno. Cada estilo musical e letra me dá uma sensação diferente. Como se minhas emoções virabrassem de acordo com a letra e tom do cantor.

    • Gratidão por seu relato, Anderson, isso demonstra ainda mais algo que, intuitivamente, já sabíamos. E, por gentileza, pedimos que volte para deixar aqui a sua dica de música que mais te faz bem, tá certo? Forte abraço!

  • Quando estou no pico dos meus estudos sem dúvida estou acompanhado de boas músicas. Mas escuto um pouco de tudo, desde Bach e Chopin até meus adoráveis raps (Criolo, Emicida e Rashid)!!
    Excelente post, somos por vezes movido por músicas!

Deixe um comentário